700 imigrantes podem ter morrido em naufrágio no Mediterrâneo, segundo a ONU

28-naufragio-mediterraneo
1247 0

700 imigrantes podem ter morrido no naufrágio de um barco ao largo da costa da Líbia neste domingo (19/4), informou um porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur).

O navio afundou a cerca de 110 km da costa, levando mais de 700 pessoas a bordo, segundo explicaram 28 sobreviventes resgatados por um navio mercante, disse Carlotta Sami, porta-voz do Acnur na Itália, à rede de televisão italiana Rainews24.

Se estes números forem confirmados, será “a pior tragédia jamais vista no Mediterrâneo”, afirmou a porta-voz. Até agora, 21 corpos foram recuperados, segundo a imprensa italiana. O navio lançou um aviso no domingo de manhã capturado pela guarda costeira italiana, que alertou um navio cargueiro português que estava na área.

Quando o cargueiro chegou, cerca de 220 km ao sul da ilha italiana de Lampedusa, a tripulação avistou o barco, de acordo com o Acnur. Mas as pessoas do navio em perigo correram todas para o mesmo lado, o que pode ter causado o desastre  – disse a porta-voz.

Nas últimas duas semanas, dois acidentes semelhantes no Mediterrâneo deixaram cerca de 450 mortos.

Fonte: IG
In this article

Join the Conversation